Condroitina para pets

Condroitina e o desgaste do ossos

Condroitina e o desgaste do ossos

O tempo com nossos companheiros de 4 patas é cada vez mais importante, afinal, envelhecemos junto a eles. Mas, assim como os humanos, cães e gatos passam a enfrentar desafios ao atingir a terceira idade. Por isso, saiba mais sobre a condroitina, uma das maiores aliadas ao envelhecimento saudável do seu pet.

 

Envelhecimento

Antes de mais nada, é importante ressaltar que envelhecer não é sinônimo de saúde frágil. Todavia, caso nossa manutenção da saúde não tenha sido recorrente na juventude, ela pode se tornar frequente na velhice.

Afinal de contas, o organismo passa por mudanças, começa a enfrentar desafios e demandar cuidados especiais para seguirmos de forma saudável.

E o mesmo se aplica aos animais. Inclusive, até os riscos que nossos melhores amigos correm ao envelhecer são os que encaramos nessa fase.

Obesidade, diabetes, problemas de coluna, articulações e osteoporoses são apenas alguns exemplos.

E é sobre uma forma de evitar, especificamente, as doenças nos ossos e articulações que falaremos hoje. Siga a leitura para entender mais como cuidar do seu pet!

 

Envelhecimento com o cão

 

O que é condroitina?

sulfato de condroitina é um elemento natural presente nas cartilagens dos animais e humanos, que corrobora para a manutenção da sua flexibilidade e regeneração.

Porém, com o passar do tempo, a degeneração da cartilagem articular dos animais se torna comum. Ainda mais nos cães e gatos de grande porte! Dessa forma, é extremamente necessária a reposição de condroitina no organismo animal.

Esse composto pode ser dado ao seu pet através de rações, medicamentos ou suplementos. Isso porque a condroitina vem sendo extraída de cartilagens de animais de abatedouros – que seriam descartadas – e dirigidas à fabricação desses produtos. O que é, inclusive, uma medida com foco na diminuição do impacto ambiental da indústria da carne.

 

Condroitina para gatos

 

Então, como ela age?

A principal ação da condroitina é o efeito condroprotetor, cujo foco está em conter a degeneração das articulações e, consequentemente, dos ossos.

Dessa forma, tanto pets quanto humanos podem aproveitar do sulfato de condroitina para a redução da taxa de alterações articulares, tanto pela reestruturação do tecido articular quanto pela diminuição das ações destrutivas dele com o desgaste natural.

Assim, é possível diminuir as dores que seu animalzinho sente e proporcionar melhor qualidade de vida a ele. Além disso, também se consegue amenizar o uso de anti-inflamatórios para dor e, consequentemente, os possíveis efeitos colaterais. 

 

Onde condroitina age

 

No que a condroitina ajuda?

Com a ação da condroitina, é possível fornecer aporte a cães e gatos de grande porte que são propensos à doenças ósseas e articulares. Além disso, ela também ajuda animais idosos, obesos, atletas e cães guia!

Consegue-se, também, prevenir ou amenizar os sintomas de artrose, osteoartrite e doenças articulares. E, por fim, também provando-se útil para o cuidado de doenças comuns em cães de pequeno porte, relata-se o uso de condroitina para tratar colapso de traqueia. 

Então, como introduzir a condroitina na rotina de cuidados do seu melhor amigo?

 

Condroitina pro tratamento de pets

 

Condroitina x NUXCELL ßeta Osteo

NUXCELL ßeta Osteo oferece cuidado nutricional para o seu pet, contando com condroitina na sua composição e agindo diretamente na imunidade do seu pet.

Um simbiótico imunomodulador que soma prebióticos e probióticos a ativos essenciais para a saúde do seu animalzinho com problemas osteoarticulares.

Por fim, consulte o médico veterinário da sua confiança e escolha a melhor forma de cuidar do seu melhor amigo de 4 patas!

Saiba mais sobre NUXCELL ßeta Osteo