8 atividades físicas para fazer com seu pet

8 atividades físicas para fazer com seu pet

Confira estas dicas especiais de exercícios que preparamos para te ajudar a colocar essa teoria em prática

 Independente do porte e da idade do seu cão ou gato,  a prática regular de atividades físicas é uma forma de aproximar ainda mais pets e tutores e garantir benefícios à saúde física e mental de ambos.

Além de ajudar a prevenir complicações musculares, cardiovasculares e nas articulações, esse hábito influencia no comportamento relacionado ao estresse e à ansiedade. Porque, assim como nos humanos, os níveis de dopamina dos pets aumentam ao realizar atividade física.

No entanto, lembre-se: cada pet tem condições físicas diferentes!

Por isso, é muito importante que o tutor faça as atividades conforme a capacidade do seu animalzinho e arecomendação do médico veterinário.

Tenha em mente ainda que atividade física não é apenas a prática de esportes! Uma brincadeira no gramado, um passeio pela vizinhança, também contam.

Quer saber mais? Confira essas dicas: abaixo!

1) Caminhadas ou corridas

Algumas caminhadas na semana são essenciais para a saúde mental e física do seu cão!

Além disso, você pode unir o exercício a um passeio com ótimas paisagens ou parques.

E, ainda, para os mais atléticos, a corrida também é uma opção e você pode inserir até alguns obstáculos, para aumentar o desafio!

Atividade física corrida
Leve seus pets para caminhadas

2) Pega-graveto é atividade física também

Alguns brinquedos, que você sequer precisa comprar, ajudam a estimular o exercício dos seus animais.  Pode ser bolinha, disco, e, claro, o clássico graveto!

Lembre de ter um bom espaço para levar seu pet para brincar de pega-graveto.

3) Cabo-de-guerra

Assim como o pega-graveto, o cabo-de-guerra exige esforço físico e proporciona alto gasto calórico.

Por isso, também é uma ótima opção para pets que também precisam de atividades para emagrecer.

Inclusive, em alguns Petshops, você pode adquirir os cabos reforçados para praticar com seu melhor amigo.

Acredita que dá para fazer um cabo-de-guerra sustentável? Saiba mais!

Atividade física cabo-de-guerra
Exercite seu melhor amigo com o cabo-de-guerra

 

4) Varetinhas

Para os tutores de gatinhos, as varetinhas e cordões são uma ótima ideia para estimular a atividade física do bichano preguiçoso!

Além disso, caso você não tenha nenhum desses objetos, também é fácil chamar a atenção dos gatos com um feixe de luz para ele correr atrás.

Atividade física varetinhas
Os gatos amam as varetinhas

5) Esconde-esconde

No entanto, como um ótimo caçador, os felinos também adoram o esconde-esconde, que também é muito popular entre os humanos.

Dessa forma, em alguns minutos, você e seu gatinho podem se divertir de forma saudável!

 6) Atividades físicas com recompensa

Existem alguns brinquedos, como rolos de papel higiênico com uma fenda para cair ração e percursos com trilhas de petiscos, que você pode fazer para estimular os seus pets.

No entanto, quando falamos de animais que estão se esforçando para perder peso, a recompensa é diferente.

Por isso, lembre que um carinho é tão bom quanto um petisco!

Saiba mais sobre a nutrição do seu pet!

Atividade física com recompensas
Motive seu bichinho!

 

7) Bolinhas também ajudam nas atividades físicas

Popular tanto entre cães quanto entre gatos, as bolinhas fazem parte da rotina ativa dos animais.

Algumas são de borracha e outras podem fazer sons que chamam mais a atenção do seu pet.

Você pode usá-las tanto para jogar aos seus cães, como para estimular a caça dos seus gatos!

 8) Natação para cães

Uma ótima recomendação para cães obesos que precisam perder peso, a natação canina também oferece benefícios aos pets com problemas nas articulações.

No entanto, essa atividade não deve ser praticada por cães braquicefálicos, com problemas de pele, feridas, otites ou doenças sistêmicas graves.

Por isso, é essencial que você consulte o seu médico veterinário de confiança para receber as devidas orientações para seu amigo de 4 patas.

Atividade física natação
Natação canina pode ajudar muito

 

 Independente das atividades físicas, você deve ter atenção

Não esqueça de considerar o porte e a condição física do seu melhor amigo!

Afinal, é essencial que os exercícios e estímulos sejam feitos de acordo com a aptidão de cada um e a recomendação do médico veterinário.

Assim, tanto você quanto o seu companheiro peludo terão ótimos momentos e mais qualidade de vida!