Latam proíbe algumas raças de cães e gatos no porão do avião

Latam proíbe algumas raças de cães e gatos no porão do avião

Raças consideradas com mais risco para este tipo de viagem só poderão viajar na cabine

A Latam Airlines proibiu a viagem no porão do avião para algumas raças de cães e gatos. A empresa divulgou em seu site uma lista de raças vetadas, entre as consideradas perigosas e braquicefálicas, que têm o focinho achatado e dificuldade para respirar e trocar calor com o ambiente.

Para viajar na cabine, animal deve ter no máximo 7kg

Para viajar na cabine, o animal de estimação deverá ter até 7 kg, somado ao peso do canil ou caixa de transporte. Além disso, só será permitido em rotas habilitadas, desde que haja assentos suficientes na cabine do avião. 

Pet a bordo: tutores exigem transporte aéreo seguro

Veja a lista de raças proibidas de viajar no porão:

Raças braquicefálicas:

  • Affenpinscher, Boston Terrier, Bulldog (todas as raças), Cane Corso ou Mastim Italiano, Chow Chow, Toy Spaniel Inglês, Griffon de Bruxelas, Chin (Spaniel) Japonês, Lhasa Apso, Mastim Inglês, Pequinês, Pug ou Carlino (todas as raças), Shar Pei, Shih Tzu, Spaniel tibetano.

Raças perigosas

  • Bull Terrier, Bulldog Americano, American Bully, Akita In, Dogo Argentino, Fila Brasileiro, Karabash, Rottweiler, Tosa Japonês.

Raças braquicefálicas e consideradas perigosas

  • Staffordshire Terrier Americano (Amstaff), Staffordshire Bull Terrier Inglês (Staffi), Pitbull Terrier Americano, Boxer, Bullmastiff, Dogo de Burdeos, Mastim Napolitano, Presa Canário.

Gatos não permitidos:

  • Burmês Americano, Himalaio, Persa (todos os tipos) e Shorthair Exótico.

Fonte: Correio do Povo

Pet a bordo: tutores exigem transporte aéreo seguro