Atopia em cães

Atopia em cães

O tratamento da dermatite atópica é muito individualizado e dependerá de quais sintomas o animal apresenta:  seja uma leve coceira ou uma infecção mais grave

Se o animal chegar apenas com atopia, sem infecção, controlamos os sintomas da coceira cuidando da pele e melhorando o contato dos alérgenos com o paciente. Geralmente esses pacientes sofrem uma disfunção nas ceramidas que são moléculas que cuidam da proteção e hidratação da região. Para isso usamos repositores da barreira cutânea e hidratamos essa pele.

Geralmente o uso tópico de shampoos, sprays, loções são suficientes. Em alguns casos usamos também medicação oral ou injetável. Dentro dessas medicações orais, incluímos alguns tipos de corticoides, imunomoduladores, imunoterapia ou ainda anticorpos próprios para o controle desse prurido.

Quando temos quadros de infecção oportunista, o quadro é mais grave. Normalmente são infecções por bactérias ou fungos (ou os 2 associados). Nesse caso, tratamos primeiro a infecção, melhoramos a imunidade da pele, estabilizamos o quadro e aí então começamos com o tratamento específico para atopia.

O Nuxcell Pufa é uma suplementação com nucleotídeos e ácidos graxos poliinsaturados. As PUFAS N-3 modulam o sistema imune e as vitaminas como Ácido fólico (A) e Complexo B também evitam a queda da imunidade! Por isso, @nuxcell sempre faz parte do tratamento dos meus pacientezinhos atópicos.

Texto: Bárbara Porciúncula